Dicas

Seu guia de sobrevivência

 

Dilemas Éticos como Profissionais reagem

Assunto:

Postato por Meu Novo Trabalho
04/07/2013
Comentários: 1

7 dilemas éticos e como os profissionais reagem a eles. Dicas importantes sobre conduta ética.

Pesquisa mostra que 80% dos profissionais podem se desviar da conduta ética.

Todo profissional, em algum momento da trajetória de carreira, pode “topar” com um dilema ético. O levantamento mostra que 11% dos entrevistados não agem de acordo com o código de ética das empresas. Outros 69% oscilam de acordo com as circunstâncias, podendo atuar de forma ética e antiética.

Ou seja, a pesquisa revela que a grande maioria, 80%, pode faltar com ética no ambiente de trabalho, enquanto apenas 20% seguem o código de conduta à risca, em qualquer situação. Confira os sete dilemas apresentados aos participantes da pesquisa e como a maioria deles agiria em cada um dos casos:

1 Denunciar um ato antiético cometido por um colega

Quando a falta de ética vive na baia ao lado, 56% dos profissionais disseram que somente denunciariam os colegas se fossem incentivados pela empresa.

Na divisão por gênero e hierarquia, a pesquisa mostra que mais da metade das mulheres (61%) e dos funcionários (60%) de níveis operacionais hesitariam em delatar o colega antiético.

2 Conviver com atos antiéticos

Pouco mais da metade dos participantes da pesquisa disse não ter restrições à convivência com a falta de ética na empresa. O índice sobe para 55% e 59% quando trata-se de profissionais sem curso superior que recebem até R$ 3 mil e de funcionários operacionais, respectivamente.

3 Adoção de “atalho” antiético para atingir metas

A pressão por metas pode levar 48% dos participantes do levantamento a escolherem o caminho mais curto e que fuja ao código de ética para cumprir os objetivos estabelecidos. Entre os homens, metade revelou que escolheria o atalho antiético, assim como 53% dos maiores de 34 anos.

4 Furto

Homens (24%) e não graduados (25%) são mais propensos a furtar valores ou bens materiais consideráveis das organizações. Mas no geral, apenas 18% dos entrevistados admitiram que fariam isso. 

5 Aceitar suborno

Dependendo da circunstância, quase metade dos homens adultos e não graduados - 43% - aceitaria suborno para dar vantagem a um fornecedor. Levando-se em consideração as respostas de todos os entrevistados, o índice cai para 38%. 

6 Receber presentes

De acordo com a pesquisa, 40% admitiram que beneficiariam um fornecedor em troca de brindes e presentes, sendo que a taxa sobe para 43%, se forem levadas em conta somente as respostas dos funcionários operacionais. 

7 Usar informações confidenciais em benefício próprio

Gestores adultos e graduados são a parcela de entrevistados mais propensa a incorrer neste tipo de conduta antiética. Deste grupo, 32% tendem a usar informações secretas em benefício próprio ou de terceiros. Mas, no geral, o índice registrado foi de 28%.

 Fonte revista exame http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/7-dilemas-eticos-e-como-os-profissionais-reagem-a-eles




COMENTÁRIOS

Veja o que falam sobre isso

Dilemas Éticos como Profissionais reagemup

11 janeiro 2017

Aguinaldo Rocha

Bom dia. não consigo me candidatar a vaga faço o q o sistema pede mais não envia a senha para o e-mail?

Aguinaldo Rocha


« primeira   « página anterior |   próxima página »   última »

Deixe aqui seu comentário!






Acompanhe as novidades
através do Twitter:

27 outubro 2017
12 julho 2017
03 julho 2017
28 junho 2017
24 junho 2017
22 junho 2017

Home Office - Assistente Virtual

Economia criativa está aquecida: trabalho autônomo já gera renda para mais de 22 milhões de brasileiros, diz pesquisa. O tele-trabalho aos poucos vai ganhando espaço e veio para ficar!

ler mais